Realengo

Publicado em 21/10/2021 - 18:01  |  Atualizado em 21/10/2021 - 20:04

 

Na Zona Oeste do Rio, entre o Maciço da Pedra Branca e a Serra do Mendanha, está Realengo. VOCÊ SABIA de onde vem o nome do bairro?

Segundo historiadores, as chamadas Terras Realengas vêm da Carta Régia de 27 de Junho de 1814, por meio da qual Dom João, ainda príncipe, concedeu ao Senado da Câmara do Rio de Janeiro os terrenos situados em Campo Grande, chamados de realengos. Daí viria Realengo.

Outra versão para a origem do nome remete ao tempo dos bondes: nas placas no alto dos carros que circulavam pelo local não cabia “Real Engenho”, como a região era conhecida por ser o caminho da Família Real até a Fazenda de Santa Cruz. Por isso, entrava a abreviatura Real Engo, que a população acabaria aglutinando e transformando em Realengo.

No Campo de Marte, também conhecido como Praça do Canhão, que é um dos lugares mais emblemáticos de Realengo, existe um coreto inaugurado nos anos 1950. A manutenção da construção fica a cargo da Gerência de Monumentos e Chafarizes, vinculada à Secretaria Municipal de Conservação. Com projeto de J.A. Siqueira Filho, o coreto tem embasamento de tijolos e guarda-corpo em argamassa armada. Para a dupla cobertura em chapas metálicas, há um apoio central único, também em metal.

A Secretaria Municipal de Conservação – Seconserva tem como missão zelar pela cidade do Rio de Janeiro, sendo a gestora do sistema que mantém e revitaliza os espaços urbanos, além de servir de elo do cidadão com o poder público.

  • ENDEREÇO DO ÓRGÃO:
    Rua Maia de Lacerda, 167 – Estácio
    Rio de Janeio/RJ
    CEP: 20.211-110

    HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
    De segunda a sexta-feira,
    das 9h às 18h.

    ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
    (e-mail exclusivo para a imprensa)

    secretariadeconservacaorj@gmail.com

  • DÚVIDAS, SERVIÇOS, INFORMAÇÕES OU DENÚNCIAS:
    ligue 1746 ou (21) 3460-1746, quando estiver em uma Cidade com o código de área diferente do 21.

    PORTAL:
    www.1746.rio